segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Dilma empossa novos ministros e pede “muito trabalho” pelo Brasil e pelos brasileiros


mercadantedilmaposse

A presidenta Dilma Rousseff deu posse nesta segunda-feira (3), durante cerimônia no Palácio do Planalto, a quatro novos ministros e pediu que eles atendam a uma única orientação: “trabalhar, trabalhar muito pelo Brasil e pelos brasileiros”.  Em seu discurso a presidenta Dilma desejou também aos novos auxiliares “muita disposição e sabedoria para concluirmos o ano com grandes realizações”.

Foi empossado Aloizio Mercadante, que deixa o Ministério da Educação (MEC) e assume a chefia da Casa Civil. No lugar dele assumiu o secretário-executivo do MEC, José Henrique Paim Fernandes. A vaga do ministro da Saúde, Alexandre Padilha será ocupada pelo médico Arthur Chioro, ex-secretário de Saúde de São Bernardo do Campo (SP). O jornalista Thomas Traumann tomou posse na Secretaria de Comunicação Social no lugar de Helena Chagas.

Dilma fez questão de dizer que as substituições fazem parte do “calendário democrático” e reconheceu a contribuição dada pelos ministros que deixaram seus postos. “Eles deram o melhor de si em todas as tarefas que executaram. Tenho certeza de que não esquecerei o bom trabalho que fizeram”, disse a presidenta.

Eleição  -  Os ministros, Gleisi Hoffmann  (Casa Civil) e Alexandre Padilha (Saúde) deixaram os cargos para disputarem os governos do Estado do Paraná e São Paulo, respectivamente. Dilma desejou a ambos sucesso na nova empreitada. "Alguns de nossos ministros decidiram buscar nas urnas a execução de novas tarefas. É o que farão Gleisi Hoffmann e Alexandre Padilha, aos quais desejo muito sucesso na nova caminhada", disse Dilma.

O líder da bancada do PT na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE) participou da cerimônia de posse dos novos ministros os quais classificou de “time de primeira grandeza”. De acordo com Guimarães, os quatro possuem qualificação para “honrar” o legado deixado pelos ministros que deixam seus postos para contribuir com o País em outras esferas. “Os novos ministros vão ocupar áreas estratégicas do governo e saberão conduzir com maestria as funções que ora assumem”, afirmou Guimarães.

Benildes Rodrigues

Foto: Gustavo Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário