terça-feira, 11 de setembro de 2012

Dilma oficializa redução em tarifa de energia; Brasil segue rumo certo, avaliam petistas

              

     

stuKDILMAenergiaO líder da bancada do PT, Jilmar Tatto (PT-SP) e os deputados Weliton Prado (MG) e Vanderlei Siraque (SP) participaram nesta terça-feira (11), da solenidade no Palácio do Planalto que oficializou as medidas que reduzem as tarifas energia elétrica, anunciadas pela presidenta Dilma Rousseff na semana passada. Eles classificaram a iniciativa como essencial para que o Brasil continue trilhando o caminho do desenvolvimento e do crescimento.

“Desonerar a tarifa de energia elétrica é uma medida acertada, importante e traz benefícios para a área produtiva que ficará mais competitiva. Além disso, a redução beneficia os consumidores brasileiros que, ao economizarem na tarifa de energia, podem injetar essa economia no mercado e contribuir com o aquecimento da atividade econômica e do desenvolvimento do país”, avaliou Jilmar Tatto.

Já o deputado Weliton Prado (PT-MG) usou a tribuna da Câmara para manifestar alegria e, ao mesmo tempo, reafirmar que não envidará esforços para que as medidas que chegarão à Câmara, em forma de Medida Provisória (MP), sejam aprovadas e se transformem em lei.

“As medidas terão nosso empenho para que se transformem em lei a partir de janeiro do próximo ano. Dessa forma, o povo brasileiro terá redução na conta de luz, que é essencial para a vida. É como se fosse o arroz e o feijão para o povo brasileiro”, lembrou Weliton Prado.

O deputado Vanderlei Siraque (PT-SP) também usou a tribuna da Câmara para elogiar as ações da presidenta Dilma. Segundo ele, a presidenta está no caminho certo. “Energia é vida, energia é conforto e, também, desenvolvimento econômico e social pois gera emprego, renda e riqueza para o nosso País”, ressaltou o petista.

Apagão - O vice-líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), avaliou que as medidas adotadas sepultam o período de racionamento e apagões do setor elétrico que ocorreram em 2001, no governo Fernando Henrique Cardoso. “A época dos apagões, sejam eles econômicos, ou no setor elétrico do país, passou”.

De acordo com o petista, as ações anunciadas refletem o novo olhar dos governos do PT para as questões essenciais ao país. “São medidas que irão sustentar o crescimento econômico com distribuição de renda. Esse é o segredo. A oposição vive reclamando. Eles chiam porque não souberam construir o caminho”, avaliou.

De acordo com o parlamentar a redução da tarifa de energia elétrica, tanto para os consumidores quanto para a indústria, vai produzir um forte impacto no custo Brasil. Além disso, acrescentou Guimarães, “fortalece a indústria nacional, faz com que o país se torne mais competitivo e vai atender aqueles que mais precisam”, enfatizou.

Pacote - o pacote de desoneração na tarifa de energia elétrica foi anunciado em rede nacional, na semana passada e, oficializada no dia de hoje. Para os consumidores domésticos a redução média será de 16,2%. Já o setor produtivo terá um decréscimo que pode chegar a 28%.

Em pronunciamento no Palácio do Planalto a presidenta Dilma fez questão de destacar que o governo tem trabalhado para promover medidas conjunturais e estruturais. "Um governo tem que olhar sempre no curto, médio e longo prazo. Estamos olhando sempre o que as urgências nos mandam fazer, e há urgências", informou.

Benildes Rodrigues
Publicado originalmente no PT na Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário