quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Petista lembra Independência e cita avanços no DF

PaulotadeuD206092012
O deputado Paulo Tadeu (PT-DF) usou a tribuna da Câmara na quarta-feira (5) para reverenciar a independência do Brasil, comemorada em 7 de setembro. Para ele, o processo que culminou com a autonomia brasileira não contou com a participação popular, mas contribuiu para a definição do “futuro deste País”.

Ele aproveitou para lembrar a retomada da participação popular na definição de políticas públicas do Governo do Distrito Federal (GDF).“É muito importante que neste 7 de setembro tenhamos como lição, mais do que efetivamente comemorar a Independência, o reforço dos conceitos da soberania nacional e da democracia com transparência, para que possamos construir um País verdadeiramente digno para todos os brasileiros” disse Paulo Tadeu.

O parlamentar petista disse, ainda, que este é um momento para fazer reflexão sobre a importância da participação popular na definição de ações que podem mudar os destinos das cidades e do país. Nesse sentido, ele citou a retomada pelo Governo do Distrito Federal do Orçamento Participativo, interrompido nos governos do PSDB e do Democratas.

O Orçamento Participativo é um programa adotado nas administrações dos governos do PT, no âmbito Estadual e Municipal, onde a população estabelece as prioridades da comunidade a serem contempladas no orçamento do governo.

De acordo com Paulo Tadeu, no ano passado houve participação maciça dos moradores do Distrito Federal nas plenárias do Orçamento Participativo. Ele ilustrou que mais de mil propostas foram encaminhadas para o orçamento anual do DF aprovado pela Câmara Legislativa.

“No governo Agnelo, esse programa tem sido, inclusive, o carro-chefe das definições do nosso orçamento e da nossa política”, finalizou Paulo Tadeu.

Benildes Rodrigues
Texto publicado originalmente no site PT na Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário