terça-feira, 14 de maio de 2013

Lula critica mídia que torce contra o país e afasta investimentos




Foto: Ricardo Stuckert/IL
lulalivrosader-D1O ex-presidente Lula criticou na última segunda-feira (13) a forma negativa como a imprensa brasileira divulga os fatos que ocorrem no País e que acabam por prejudicar o Brasil. De acordo com o ex-presidente, a economia vai bem, conforme todos os indicadores, mas setores da  imprensa fazem vistas grossas e “afugentam os investimentos estrangeiros no país”. A crítica foi feita no lançamento do livro “10 anos de governos pós-neoliberais no Brasil - Lula e Dilma”. A obra foi organizada pelo sociólogo Emir Sader.

Na avaliação do deputado Devanir Ribeiro (PT-SP), o ex-presidente está certo. “Não só a grande imprensa faz campanha contra o Brasil, mas alguns economistas a serviço do truste (fusão de várias empresas para formar monopólio com objetivo de dominar oferta de produtos e/ou serviços internacional) e, ainda, muitos cientistas políticos que sempre avaliam as ações implementadas pelos governos do PT de forma negativa”.

Para Devanir, são os mesmos os interlocutores que “desqualificam” trabalhadores, investidores e indústrias brasileiras com o propósito de “melar” as possíveis parcerias e investimentos que possam ocorrer. No entanto, explica o deputado, apesar de toda a campanha protagonizada por setores da mídia, o Brasil mantém a credibilidade e a robustez da economia conquistada nos governos Lula-Dilma e atrai investidores internacionais.

“O tiro desses setores sempre sai pela culatra. O exemplo disso é a notícia de que empresas alemãs instaladas no Brasil vão investir cerca de 13 bilhões de euros num período de dois anos. Além disso, há a perspectiva da criação de novos negócios da Alemanha no Brasil. Isso só comprova que a imagem do Brasil lá fora é boa, apesar da forma como a mídia pinta o nosso país”, afirmou Devanir.

Benildes Rodrigues
texto publicado originalmente no site PT na Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário