sábado, 4 de agosto de 2012

O AMOR É ASSIM, SIMPLES!

É simples na forma como se apresenta e no conteúdo que é constituído.
Será forte e intenso se houver cumplicidade, companheirismo, amizade, paixão, respeito e admiração.
O amor tem reentrâncias, saliências (coisa de geógrafa), renúncias e entregas.
É preciso sabedoria para encontrar os meandros que o fortaleça.
Não tem mistério ou complicação. É preciso enxergá-lo com os olhos do amor e agir dentro da sua simplicidade. 
Essa é a minha forma e conteúdo de amar. É assim que sou amada. 
Simples assim! 
É importante não esquecer que o amor é igual a borboleta, precisa de um jardim florido para pousar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário