terça-feira, 3 de maio de 2011

Vicentinho quer votar propostas de interesse do trabalhador

vicentinho_dest2O deputado Vicentinho (PT-SP), um dos autores do requerimento que propôs a sessão solene em homenagem ao Dia do Trabalhador, realizada nesta terça-feira (3), pediu que a Câmara coloque em pauta temas de interesse dos trabalhadores. Ele citou como exemplo a proposta de emenda constitucional (PEC 231/95) que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais.

"Nós aprovamos a PEC por unanimidade, nas comissões gerais da Casa. A nossa jornada é uma das maiores do mundo, por isso devemos colocar em pauta essa proposta. Solicito ao presidente Marco Maia que coloque o tema em pauta para que possamos votar esse projeto de extrema importância ao trabalhador. Penso que a maior homenagem que deveríamos prestar neste dia 1º de Maio é aprovar projetos de interesse do nosso povo trabalhador", disse.

Vicentinho lembrou outros projetos pendentes, de interesse do trabalhador, que estão em pauta na Casa, como a PEC do Trabalho Escravo e o projeto de lei (PL 4302/98), do Executivo, que regulamenta a terceirização de pessoal e o trabalho temporário. Segundo o parlamentar, são propostas que impedem a exploração e dignificam a vida do trabalhador. "Este é um momento que serve para nós refletirmos sobre qual é o nosso papel, onde podemos evoluir nesta caminhada do povo trabalhador".

Frente - Vicentinho informou que estão sendo coletadas assinaturas para criação da Frente Parlamentar pela Melhoria das Relações do Trabalho no Brasil.

O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), encaminhou mensagem em que prestou homenagem e lamentou a "utilização da mão de obra infantil e o trabalho em condições análogas à da escravidão". Na avaliação de Marco Maia "absurdos como esses nos comprometem como nação e nos envergonham como povo". O presidente fez questão de afirmar o compromisso, a admiração e o respeito que tem pelas trabalhadoras e trabalhadores brasileiros.
http://www.ptnacamara.org.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário