terça-feira, 31 de julho de 2012

Jornalista da Veja, Policarpo Júnior foi contratado por Carlos Cachoeira, relata juiz


Segundo juiz, mulher de Cachoeira disse que “bicheiro” contratou redator-chefe da Veja

  
O jornalista Policarpo Júnior, da Veja, o juiz federal Alderico Rocha Santos e Andressa, esposa de Carlinhos Cachoeira, foram, novamente, personagens de uma nova história envolvendo o caso do contraventor. De acordo com reportagem do G1, Andressa teria chantageado o juiz na última semana e mencionado que o redator-chefe da revista da Editora Abril foi contratado por seu marido.

andressa
Andressa prestou esclarecimentos sobre a história
(Imagem: Reprodução/Globo)
Conforme o relato de Santos, Cachoeira teria pedido ao jornalista da Veja que produzisse um 'dossiê' e, na última quinta-feira, 26, Andressa o procurou para fazer chantagens.

"Doutor, tenho algo muito bom para o senhor. O senhor conhece o Policarpo Júnior? O Carlos contratou o Policarpo para fazer um dossiê contra o senhor. Se o senhor soltar o Carlos, não vamos soltar o dossiê", teria dito a mulher do contraventor, segundo declara o juiz.

De acordo com matéria do G1, Santos afirmou não ter nada a temer, mas Andressa insistiu e escreveu em um papel alguns nomes. Em seguida o entregou e perguntou: "o senhor tem certeza?".

“Quando ela saiu, guardei o papel onde ela escreveu os três nomes, solicitei as imagens que mostram a sua entrada e saída do prédio da Justiça Federal e encaminhei um documento ao Ministério Público relatando o fato. Eles entenderam que a ação dela se caracteriza crime e que ela deve pagar uma fiança de R$ 100 mil sob pena de prisão”, relatou o juiz, sem revelar os nomes que supostamente foram escritos.
Nessa segunda, 30, Andressa prestou esclarecimentos na Polícia Federal em Goiânia e saiu sem falar com a imprensa.

Ao G1, a Veja afirmou que o departamento jurídico não aceitará calúnias contra Policarpo e ao conteúdo da publicação. "[A revista] está tomando providências para processar o autor da calúnia que tenta envolver de maneira criminosa a revista e seu jornalista com uma acusação absurda, falsa e agressivamente contrária aos nossos padrões éticos".
http://portal.comunique-se.com.br/index.php/editorias/3-imprensa-a-comunicacao-/69348-segundo-juiz-mulher-de-cachoeira-disse-que-bicheiro-contratou-redator-chefe-da-veja.html#

Nenhum comentário:

Postar um comentário